Garimpando Ideias

Garimpando Ideias

Como fazemos todos os anos, há pouco mais de uma década, no final do mês de outubro pegamos a estrada para repor o estoque de produtos da nossa loja. A aventura vale muito a pena: adentramos muitos caminhos desconhecidos e encontramos novidades que dão o clima da estação e alegram todo tipo de ambiente — e atendem a vários pedidos de nossos clientes, é claro! :-) Afinal, o Natal está chegando e, nessa época festiva, talvez mais do que em qualquer outra época do ano, fazemos questão de arrumar o nosso cantinho para receber os amigos e parentes para as confraternizações desse final de 2013.

A missão é árdua mas a recompensa também é alta, sem dúvida, porque nessas viagens que fazemos acabamos conhecendo um pouco mais desse país continental que é o nosso Brasil. De cada cidadezinha trazemos as obras de artesãos que botam suas mãos à obra para tecer, fiar, esculpir, pintar, cortar, costurar, e para tornar diversos materiais, às vezes até sem utilidade à primeira vista, nas obras de arte com as quais decoramos nossos lares e escritórios.

Engana-se quem acha que encontrar essas obras de arte é tarefa das mais fáceis. Pois, acredite, não é. Principalmente no mundo globalizado em que vivemos, onde toda nossa forma de produção caminha para a produção em massa, para a rigidez e solidez dos processos e do produto final. Mas apesar disso a busca pelo raro ainda tem grande valor. Como alternativa sustentável o artesanato gera renda, emprego, e nesse sentido podemos até dizer que o artesanato criativo do Brasil vem crescendo e expandindo suas fronteiras também no exterior.

  
 
Assim como no ditado popular, entendemos que “nem tudo que reluz é ouro”. Aqui na loja gostamos da imagem do garimpo. É isso que fazemos para encontrar raridades. Garimpamos peça por peça, atelier por atelier, artesão por artesão, atrás das peças cuja qualidade e bom gosto nossos clientes podem comprovar. Gostamos do garimpo porque ele requer um olhar atento, minucioso, para aquilo que se procura. Nós da Artmanha procuramos arte. E para encontrá-la em meio a tantas formas de arte, acreditamos que é preciso garimpar com cuidado, com o esmero de quem esculpe um santo de barro ou uma galinha de madeira, com a precisão de quem pinta frutas em tecido, e com o carinho e a paciência de quem fia e trança colchas e tapetes que parecem intermináveis. Porque sabemos que a nossa diferença é o que faz a diferença nas casas dos nossos clientes. É por isso que continuamos nosso trabalho, pegando as estradas desse Brasil, do interior do Rio de Janeiro ao Maranhão, de lá para Pernambuco, da Bahia a Minas Gerais, de São Paulo ao Ceará.
De todos os cantos do País não trazemos apenas lindas peças para Rio das Ostras. Nós vivemos buscando aprender nossos sotaques, conhecer mais da nossa gente e dessa nossa forma única de fazer arte, garimpando ideias, trazendo para dentro de nossas casa a beleza da nossa terra, para que, neste Natal, cada um de nós se lembre de que, apesar de todas as dificuldades, vivemos no país mais lindo do mundo.

 

Vivendo e Aprendendo: você sabia que o verbo garimpar, usado na procura pelo ouro, deriva de outro verbo, grimpar, e que este significa “subir por terreno difícil”? Grimpar, por sua vez, vem do francês “grimper”, que vem do frâncico “gripper”, que é “pegar, agarrar com força”, mesma origem da palavra gripe. Não sabia dessa? Pois é, vivendo e aprendendo.

_

5 Comentários

  1. Exelente o Post, Manoel, Parabéns e muito Sucesso para a Artmanhã.Abs.

    • alberto reis

      Me orgulho deste meu querido afilhado. Fotos belissimas. Idéia maravilhosa. Beijos tio Beto.

  2. Ellen Borges

    Parabéns Manoel!! A sua loja tem a energia maravilhosa desse garimpo.
    Boas vendas!!!

  3. Ellen Borges

    As fotos estão maravilhosas!!! Sugiro em breve uma exposição. Bjs.

  4. Alder Catunda

    Bacana Manoel!
    Um belo aperitivo das belezas que você nos traz.
    E as fotos tem também um sabor muito especial. Que tal expô-las?
    Abs, Alder

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Share This